29.4 C
Itapiranga
sexta-feira, abril 12, 2024
spot_img

Casal dedica-se voluntariamente no ajardinamento da comunidade

Voluntariar-se é um ato de serviço, disponibilidade, amor e vontade de ajudar. Certamente ser voluntário não é uma tarefa tão fácil assim, considerando que muitas pessoas alegam: não ter tempo; estar ocupado demais com o trabalho ou com a família; não ter a “aptidão” necessária. Milton e Madalena Weis, de Raigão Baixo, interior de Tunápolis, mesmo com todos os trabalhos da propriedade rural e afazeres da casa, doam parte do seu tempo na manutenção e ajardinamento do pátio da igreja da comunidade.

Milton, como coordenador de patrimônio, com o auxílio de sua esposa, realizam constantemente a limpeza do terreno, poda, plantio e replantio das flores e plantas. “A gente se sente bem em estar aqui e ajudar a igreja. É um serviço feito de coração”, afirmam.

Milton explica que as flores são oriundas das sobras das utilizadas no paisagismo da administração municipal. Boa parte das plantas também são da propriedade do próprio casal, que cultivaram e realizaram o replantio no pátio da igreja.

O casal dedica-se a este serviço voluntário desde março de 2022.

Artigos relacionados

Fique conectado

5,337FãsCurtir
247SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
- Patrocinador -spot_img

Leia também