12.9 C
Itapiranga
sábado, julho 13, 2024
spot_img

A situação pode não ser bem assim!

Daqui a pouco vira moda. Aliás, já virou! Lançar notas questionando a atuação da arbitragem. Esta semana saiu mais uma: a do Aliança de Paraíso. Citou que seus jogadores foram hostilizados com palavras de baixo calão, que foram cerceados, de que árbitro é despreparado, de que árbitros são impunes, e por aí vai. O clube tenta dar conselhos, sugestões à liga (LEF), de procedimentos, cursos a serem repassados, e coisas do gênero. Irônico!

O que muitos clubes precisam fazer é olhar o outro lado da moeda. Onde é que eu estou errando, por que meu clube está nesta situação?! Onde está a minha culpa nesta situação toda. Culpar os outros é muito fácil. Sempre cabe ao juiz da partida levar o fardo pela ineficiência de um time. Perdemos porque o juiz não deu o pênalti, perdemos porque o juiz expulsou fulano, perdemos porque o juiz apitou em favor de tal, perdemos porque…

É o que geralmente acontece. Mas, não é bem por aí! Que árbitros erram, isto não é novidade. O que cabe aqui ressaltar é que em cada partida são 90 minutos jogados, e você tem todo este tempo para marcar um, dois, três, 10 gols e sair de lá triunfante. Defender-se da melhor forma possível para não levar gols. Se errou, se perdeu, veja onde errou e corrija-os. É preciso virar a mesa. Faça algo com seu grupo… Agora, se você acha que é mais fácil achar culpados e ficar a semana inteira pilhando os demais com suas ironias, podes ter certeza, teu time não irá triunfar.

Há exemplos positivos no nosso Campeonato Regional, passiveis de serem seguidos. Basta olhar com atenção. Um clube precisa corrigir os seus erros e, se tem culpados por uma situação adversa, estes culpados podem estar no seu elenco. O juiz de uma partida não precisa carregar este fardo o tempo todo, ora bolas!

Aqui vale uma pequena dica, e não julgando se um atleta ou membro é bom ou ruim na sua posição. Às vezes é preciso tirar as maçãs podres do cesto para que as demais fiquem intactas. Olhe seu grupo com mais atenção. Olhe para você mesmo. O quanto você está contribuindo para seu grupo ser vencedor. Faça algo, porra! Motive seu grupo, e isto valerá muito mais do que pressionar quem só quer conduzir bem a partida. Olhe para o juiz como se fosse seu melhor amigo. Sim! Faça isto! Pois em uma situação adversa ele poderá fazer muito por você, até salvar a vida do seu filho.

Artigos relacionados

Fique conectado

5,750FãsCurtir
308SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
- Patrocinador -spot_img

Leia também