19.9 C
Itapiranga
sexta-feira, maio 24, 2024
spot_img

Treinamento para os policiais atuarem nas escolas será realizado pela Polícia Militar

Foi o que definiu o Comitê Permanente de Operações Integradas reunido, na quinta-feira, 13

Treinamento para os policiais atuarem nas escolas será realizado pela Polícia Militar

Foto: Fhillype Costa
– Comitê trabalha para que os policiais possam estar nas escolas o mais rápido possível

O Comitê Permanente de Operações Integradas se reuniu na quinta-feira (13) para discutir o Projeto de Lei que altera a legislação estadual e permite o início da medida anunciada pelo Governador Jorginho Mello. O objetivo foi discutir as medidas antes que o PL seja finalizado e protocolado na Assembleia Legislativa.

“Precisamos deixar uma coisa clara. Os policiais não serão porteiros, nem vigias. Eles estarão nas unidades escolares para proteger os alunos e professores”, disse o Secretário de Estado da Casa Civil, Deputado Estêner Soratto.

O Comitê também definiu que o treinamento para os agentes será realizado pela Polícia Militar, por já ter experiência com esse tipo de ação.

“Centralizamos o treinamento na PM, para que todos os policiais que venham a atuar nas escolas, independente do órgão, tenham a mesma forma de monitoramento e resposta em casos de ataques”, disse o representante da instituição, Tenente-Coronel Tanan.

Também foi discutida pelos integrantes do Comitê a criação de capacitações e seminários para que as pessoas saibam o que fazer em casos de atentados.

“Os alunos, os professores, os pais, enfim, a sociedade como um todo, hoje não sabe o que deve ser feito em casos de ataques. Por isso, ensinar e mostrar quais são as melhores decisões, pode fazer a diferença e salvar vidas”, disse o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Fabiano.

A criação de protocolos integrados e a aquisição de softwares e hardwares para que o monitoramento das mídias sociais seja realizado, também foi discutida pelo Comitê.

“Já iniciamos o trabalho para monitorar qualquer possível planejamento de atentados nas redes sociais. Mas esse trabalho de segurança cibernética vai ser muito mais efetivo com a aquisição de programas e equipamentos, que já está sendo realizada, e com o apoio de todos os órgãos do Comitê”, disse o representante da Polícia Científica, Perito Luan.

Edital do Governo Federal

O Comitê também discutiu quais dessas ações podem estar no projeto que vai ser enviado ao Governo Federal para acessar os recursos anunciados pelo Ministério da Justiça para a segurança nas escolas. Nos próximos dias, o documento deve ser finalizado.

Artigos relacionados

Fique conectado

5,374FãsCurtir
278SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
- Patrocinador -spot_img

Leia também