A estação do verão começa oficialmente apenas no dia 21 de dezembro, e se estende até março do próximo ano. Mas as temperaturas, superiores a 30º, que já viemos registrando nas últimas semanas em nossa região, são um demonstrativo de que teremos um verão muito quente. Isso consequentemente exige maior atenção com a proteção do nosso corpo, seja dos raios ultravioletas como também no fortalecimento por meio de uma boa alimentação.    

De acordo com a nutricionista, Márcia Schneiders Welter, uma boa alimentação é importante em qualquer época do ano, mas no verão o mal estar e o desconforto parecem ser mais enfatizados com alguns alimentos. Isso ocorre porque a digestão é uma das responsáveis por essa sensação. Quanto mais indigesto o alimento, mais presente será a sensação de desconforto, muitas vezes acompanhada de azia e empachamento (sensação que se compara a de ter comido um boi). Dias quentes, pedem pratos mais leves e de fácil digestão.

Para minimizar ou até evitar grande parte destes problemas, a nutricionista orienta que o ideal é priorizar alimentos que contenham água na composição para manter a hidratação, como frutas, legumes e verduras. “Com o aumento da temperatura externa, nosso corpo trabalha para manter nossa temperatura corporal estável. A água presente nesses alimentos é importante para várias funções vitais do organismo”, explica Márcia.

Outra dica da profissional é aumentar o consumo de água, chás, sucos, e vitaminas para manter a hidratação. Para as pessoas que não gostam de água, a dica é a água saborizada com frutas. É uma bebida simples de ser feita e que permite a utilização de qualquer fruta. Além de ser muito saborosa e refrescante.

Uma ótima dica é colocar uma fruta com alguma erva ou especiaria, como, por exemplo, limão com alecrim, laranja com canela, abacaxi com hortelã ou morango com manjericão. Há, ainda, a opção de combinar duas ou mais frutas ou, ainda, utilizar cascas. O que vale é a criatividade e a água estar bem gelada!

Durante essa estação, a nutricionista lembra que não se recomenda o consumo de alimentos mais gordurosos e de difícil digestão, como frituras, carnes vermelhas, massas, molhos à base de creme de leite ou molhos brancos e feijoadas.

Nutricionista sugere alimentos indicados para esta época do ano

FRANGO E PEIXE: as carnes magras (cozidas, assadas) são facilmente digeridas e menos calóricas do que as carnes vermelhas. Ricas em proteína, também ajudam a diminuir as inflamações e oleosidade da pele, comuns durante a estação.

FRUTAS: fontes de vitaminas e sais minerais, as frutas devem sempre fazer parte de qualquer cardápio, principalmente durante o verão. Aquelas com maior quantidade de água como melancia, abacaxi, laranja e melão podem ser consumidas com mais frequência para auxiliar no processo de hidratação.

ÁGUA DE COCO: além de hidratar o corpo naturalmente, a água de coco também é rica em potássio, hidrata a pele e elimina toxinas.

GRÃOS: os grãos integrais são complementos ideais para as verduras e legumes. São ricos em fibras, nutrientes e mais saudáveis que as versões refinadas. Linhaça e chia, ricas em ômega 3, são ótimas opções, já que previnem a desidratação da pele.

VERDURAS E LEGUMES: assim como as frutas, as verduras e legumes também são importantes fontes de água e sais minerais, ideais para manter o corpo hidratado. Durante o Verão, é essencial consumir saladas e legumes cozidos em todas as refeições.

Márcia destaca também que alguns alimentos devem ser evitados, por serem ainda mais prejudiciais ao organismo durante o verão. Frituras e alimentos com grande teor de gordura e açúcar são mais difíceis de serem digeridos e podem provocar a sensação de fadiga e falta de disposição em dias quentes.

Para substituir  os doces como o sorvete, a orientação da nutricionista é preparar uma versão caseira e mais saudável. Congelar as frutas em pedaços por algumas horas, retirar por cerca de 15 a 20 minutos e bater no liquidificador ou multiprocessador até que virem um creme. Márcia acrescenta que as combinações de banana e morango ou manga e hortelã ficam uma delícia!

Receitas para uma alimentação saudável e refrescante no verão

Como forma de contribuir com uma alimentação mais saudável, e além disso mais refrescante no verão, a nutricionista sugere algumas receitas caseiras que podem ser experimentadas pelas famílias:

SUCOS

Abacaxi, laranja, maracujá e folhas de hortelã

Ingredientes

  • 100ml de suco de abacaxi
  • 100ml de suco de laranja
  • 100ml de maracujá
  • 6 folhas de hortelã

Modo de Preparo: Para fazer o suco de laranja: esprema duas laranjas em 100ml de água, suco de maracujá: use uma colher de polpa do maracujá para 100ml de água, suco de abacaxi: bata uma rodela pequena de abacaxi com 100ml de água. Misture os sucos das três frutas. Depois disso, dê uma macerada leve nas folhinhas de hortelã e bata tudo no liquidificador. Se quiser, enfeite com folhinhas de hortelã. Prontinho!

Morango e Amora

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de morangos congelados
  • 1 xícara de chá de amora congelada
  • 250ml de água
  • 2 pedras de gelo

Modo de Preparo: Coloque as frutas junto com a água em um liquidificador. Bata tudo até ficar homogêneo. 

RECEITAS DE PICOLÉS NATURAIS

Picolé de abacaxi

Ingredientes

4 rodelas de abacaxi
1 xícara de água
10 folhas de hortelã
Gengibre a gosto

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes, coloque as folhas de hortelã e derrame a mistura em forminhas para picolé. Leve ao freezer até congelar.

Picolé de melancia e morango

Ingredientes

1 fatia grande de melancia
10 morangos
100 ml de água de coco ou água filtrada
1 limão (suco)
Lascas de gengibre

Modo de Preparo: Bata todos os ingredientes, e derrame a mistura em forminhas para picolé. Leve ao freezer até congelar.

Picolé de Amora com Iogurte

Ingredientes
340 ml de iogurte natural
1 xícara de morangos congelados
½ xícara de amoras congeladas
2 colheres (sopa) de mel

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes, e derrame a mistura em forminhas para picolé. Leve ao freezer até congelar.