Foto: Divulgação

Até o final de abril, Santa Catarina acumulava a necessidade de realização de 95.083 cirurgias eletivas em todo o Estado. O número aumentou muito em meio à pandemia, já que os procedimentos que utilizam medicamentos do kit intubação  não têm urgência foram suspensas. Antes do Coronavírus, a fila já era grande, de mais de 60 mil cirurgias.

Entre as regiões, a Grande Florianópolis lidera a demanda por procedimentos (25.760). Em seguida, estão o Planalto Norte/ Nordeste (18.124), Vale do Itajaí (13.683), Grande Oeste (12.212), Sul (8.429), Meio-Oeste (7.021), Foz do Rio Itajaí (6.517), e Serra (3.337). 

Segundo a Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), as cirurgias mais comuns são as cirurgias Gerais, seguidas pelas cirurgias ortopédicas, cirurgias do aparelho geniturinário, aparelho circulatório e vias aéreas superiores, face, cabeça e pescoço.