Foto: Mauricio Vieira/Secom

A fila de pacientes contaminados com Covid-19 à espera de um leito de UTI em Santa Catarina cresceu novamente nesta quinta-feira (29) após tendência de redução nos últimos dias. Os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostram que houve queda por sete dias consecutivos até atingir o mínimo de 27 pacientes na última terça (27) – o menor volume dos últimos 60 dias. No entanto, nesta quarta (28), o número pulou para 45 e nesta quinta chegou a 48.

Do total de 48 pessoas aguardando vaga, a maior parte está na região Sul (23) do Estado. Na sequência está a região Norte (15), Meio-Oeste (7), Vale do Itajaí (2), e Serra (1). Grande Oeste, Grande Florianópolis, e Foz do Rio Itajaí não possuem registros de pacientes aguardando leitos. 

Fila por UTI (29 de abril):

Santa Catarina (total) – 48

Sul – 23

Norte – 15

Meio-Oeste – 7

Vale do Itajaí – 2

Serra – 1

Grande Oeste – 0

Grande Florianópolis – 0

Foz do Rio Itajaí – 0

Além da fila por um leito de UTI, também há espera por um leito de enfermaria: segundo a SES, são 30 pacientes, todos na região Norte. 

A ocupação oficial de leitos de UTI SUS adultos é de 94,9%. Na prática, há menos vagas disponíveis já que há um delay entre as informações e o ingresso de novos pacientes nos leitos. Entre as regiões, o Meio-Oeste e Serra está com 100% dos leitos ocupados. Em seguida, aparecem o Norte e Nordeste (98,1% de ocupação) e o Médio e Alto Vale do Itajaí (97,4%). Veja abaixo: