Mais de 450 professores e estudantes prestigiaram a primeira noite do evento

 

Deixemos as crianças em paz foi o tema da palestra de abertura da 15ª Jornada das Licenciaturas. O evento, já tradicional na Instituição, é organizado pelo curso de Pedagogia da UCEFF Itapiranga e tem como grandes apoiadores as prefeituras de toda grande região. Na primeira noite do evento, mais de 450 professores e estudantes estiveram atentos as provocações do professor Thiago Berto, criador da ONG Cidade Escola Ayni, em Guaporé, Rio Grande do Sul.

“A Ayni é uma forma de viver, essa é nossa pedagogia. Uma relação primeiro de tudo de aceitação como adultos, de nos reconectarmos com o nosso ser, com a natureza, de reconhecermos nossa própria essência, nossas verdades e a partir daí desenvolvermos uma nova perspectiva e relação com as crianças: elas são nossos mestres, companheiros de um caminho de evolução como seres humanos, e a oportunidade de compartilhar esse tempo e espaço com as crianças é vista com gratidão e honra. Essa é a nossa base pedagógica. A relação de respeito, carinho e os limites como forma de amor para as crianças. Nesse espaço sagrado, nessa relação entre adultos e crianças, todos crescemos, nos desenvolvemos e avançamos como sociedade, como humanidade”, destacou o palestrante.

O tema geral da 15ª Jornada das Licenciaturas Corresponsabilidade da Educação do Presente, convida os participantes a refletir, pensar e repensar sobre o que muito se questiona, ou seja, a responsabilidade com a educação é da escola, das famílias, das mídias ou da sociedade? “Vamos refletir sobre a educação de forma geral e propor uma análise que ultrapassa as visões compartimentadas, e realizar num dimenção transdisciplinar, o entendimento da necessária cooperação. Juntos somos corresponsáveis pelo cuidado e pela educação das novas gerações e pela formação continuada dos educadores e cidadãos de toda região”,  enfatizaram os organizadores, professores Maria Preis Welter e Kurlan Frey, na abertura no evento.

O reitor da UCEFF Itapiranga, Leandro Sorgato, lembrou que nas edições anteriores estiveram na Jornada profissionais como: Mário Sérgio Cortella (2015), Clóvis de Barros Filho (2016), Leandro Karnal (2017) e o jornalista Caco Barcellos (2018).

A Jornada já se consolidou como evento tradicional e se constituirá de palestras, oficinas, minicursos, e apresentações culturais e artísticas.

Programação

27/03 – Sociedade Imigrantes
Palestra de abertura “Deixemos as crianças em paz” com Thiago Berto – Escola Ayni

01/04 – Oficinas, minicursos e mesas coordenadas – profissionais diversos*
UCEFF, Auditório EEB São Vicente, Auditório ADR,
Auditório Escola Municipal FUNEI

02/04 – Sociedade Imigrantes
19h15 – Acolhida: apresentações culturais e artísticas
19h30 – Palestra: Avaliação: caminhos para a aprendizagem com Jussara Hoffmann

03/04 – Sociedade Imigrantes
19h15 – Acolhida: apresentações culturais e artísticas
19h30 – Palestra: Corresponsabilidade na educação – escola, família, sociedade
José Pacheco

11/04 – Pavilhão A do Complexo Oktober
18h30 – Acolhida: Musicoterapia com André Bueno
19h15 – Palestra: Entre no fluir da tecnologia e do cuidado gentil com
você e todos os seres – aprecie sua vida, com Monja Coen Roshi

O evento expedirá certificado de participação de 20 horas, que para acadêmicos participantes agregará em horas de atividades acadêmicas científicas-culturais e complementares, e para professores em horas de formação continuada.